quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Desabafo...


Olá! Resolvi passar por cá para dar um olá e agradecer as mensagens! Obrigada pelo apoio. Tenho espreitado os blogs! Na próxima semana deixarei os meus comentários.


A partir da próxima semana já estarei mais livre e irei colocar mais posts.

Pois é... a situação está complicada. Não me voltei a pesar e nem tenho cumprido aquilo a que me propuz quando iniciei este blog e o processo de emagrecimento definitivo. Confesso que não estou a gerir bem as várias situações com que me estou a deparar e estou-me a relaxar um pouco em relação à alimentação. Confesso também, que estou a arranjar algumas desculpas para exagerar um pouco na comida. E por fim, que estou com medo. Porque é muito fácil ultrapassar a barreira do controle e começar no descontrole total.


A vida é feita de momentos bons, maus, stressantes, desafiantes, alegres, tristes... enfim... E até quando haverá desculpas, para numa fase menos boa, ou numa fase em que não se gere tão bem as emoções, deixar de lado aquilo se se planeou? Eu sei onde este caminho leva. Leva a perder o controle, os objectivos e voltar a engordar tudo o que se emagreceu, e a ganhar mais algum peso.


Já sentiram que a todo o momento estão a ser postos a prova? É isso que sinto. E os desafios vão sendo cada vez maiores. Não falo apenas da questão da alimentação, mas em vários aspectos da minha vida. Sei que situações de perda, de falha, de dúvida, são situações que nos levam a evoluir. Mas custa cair, custa falhar... abala tudo cá dentro. Abala a confiança... E leva a pensar que algo mais sólido tem que ser construido, algo cá dentro. Custa e dói. E é aí que se reune as forças e que se olha para o nosso mais íntimo e se diz... eu consigo... eu acredito! Mas às vezes, é dificil olhar cá para dentro e dar a volta. Principalmente quando se exige tanto de nós próprios. Já estou habituada a falhar na parte da alimentação, actividade física, enfim... mas há certas áreas na minha vida em que não estou habituada a falhar. E quando falho, abala tudo. E surgem dúvidas se serei capaz. São feitas as devidas análises para saber como falhei e porquê. Mas a mudança tarda a chegar... e as dúvidas persistem.

Falta auto-estima, auto-confiança a sério! Há muito para ser trabalhado!


Foi só um desabafo! Acho que está um pouco confuso. Mas é o que me vinha à cabeça.

Muitos beijinhos, muitos sucessos

4 comentários:

Anabela disse...

olá olá querida amiga!
Sejas bem aparecida que és sempre bem recebida!
Li tudo com muita atenção e tenho várias coisas para te dizer, a mais obvia é aquela que já sabes, podes contar comigo.
Depois dizer-me que podes contar comigo porque te entendo e tb passei por tudo isso.
Neste momento, passo por isso, mas tento ao máximo não me boicotar com desculpas.
Sim, somos postas à prova...
Pelos outros, pelas revistas, tela televisão, pela nossa cabecinha que nem sempre gere bem as coisas
e CLICK!!...fez-se luz!
- A cabeça !
A cabeça é o segredo desta treta toda!
A vida tem vários momentos e fases, o bom existe, para os compensar do mal e o mal às vezes porque não valorizamos o que nos acontece de bom...esquisito isto!
Bom, mas quero acreditar e acredito, que voltamos a cometer um erro, se da primeira vez não aprendemos nada com isso...eu tenho aprendido, tocando a RA.
Fiz mil e um recomeços e embora diga sempre, ok, esquece, recomeça, isso não resulta muito...uma coisa é UM erro, UM dia, mas não podemos reassumir aquele comportamento de comer como "se o mundo fosse acabar" ou para nos compensarmos de alguns stress, ou para nos escondermos de algo que se está a passar!
Vamos colocar em mim, para ver se faço sentido.
Eu re-re-re-re-re comecei mil vezes, antes desta vez de abril de 2008. Entretanto se voires a m,inha régua de peso, engordei, agora estacionei no peso, e teimam estes 106 faz 15 dias.
Bom, mas não vou desistir, porque estes 30 kgs que mandei pra kilolândia, custaram-me muito a sair. Muito esforço, muita conquista e agradeço a muitas pessoas, inclusivé as da blogosfera.
Mas balanço deste mês :
- Sinto-me um bocado triste, desanimada, não com a RA, embora sinta que parece que o esforço não me tem compensado, mas aguardo que esta pesagem de sexta feira seja positiva...já mereço.
Ando desanimada por me ver rodeada de situações preconceituosas, de amigos da treta, que só me chamam qdo precisam e enfim, dispenso...porque não sei dizer que não quando é preciso, porque tenho esta mania de querer mudar o mundo, e gosto de tratar os outros como gostaria de me tratassem a mim e aos meus. entendes?
Neste momento tenho visto muita coisa que me deixa triste.
Preconceito sobre os mais gordos, por uma questão de tonalidade de pele, pela nacionalidade...isso deixa-me triste!
Sempre tentei pegar todo o mundo no colo...erro meu!
Sempre me pautei pela igualdade e nunca inferiorizei ninguém que fosse coxo, preto, amarelo, gordo, obeso, jeová, romeno, chinês...e fico para lá de triste qdo vejo isso!
estas últimas semanas t~em sido de várias situações dessas.
Alguém que foi gozado porque ocupa dois lugares no autocarro...uma moça macaense, ouve entre risinhos idiotas, que até cheira bem porque normalmente os chineses cheiram mal...outro...que os pretos deveriam todos trabalhar nas obras...
Ora, tenham santa paci~encia, isto revolta-me.
Cheguei um dia aqui a casa e desatei num choro que nada me calava...tive vergonha do que vi, e não foi nada comigo, mas por ter sido ás vezes olhada com preconceito, e ter feito de conta que não entendi, estas coisas agora tocam-me fundo!
Entendes?
Ora façam mil favores, limpem o cérebro!
E pronto, amiga, grande comentario para te dizer que há oscilações de força interior. temos que manter a cabeça forte e com nossas protecções.
Fugir do caminho das argoladas. ocupar as mãos. ler um livro. resolver nossos nós da cabeça.
Na certeza, que eu estarei aqui, ctg de mão dada, pro que der e vier ok?
Não sei se tens msn
Se tiveres e quiseres adicionar está no perfil ok?
Força Di, FOrça!!!
Pega na mão e vamos Amiga!!
Mil beijos e tudo a correr bem

Mariana disse...

Dianne: eu te escrevo desde Argentina...( un poco mal o português...mais eu posso te dizer que vai con muito carinho sabe...) então o día que passou, ele ya foi embora y "hoje" e uma nova oportunidade de começar...como diz a Caroline "EU ME AMO", eu mereço intentar tudos os días...e vai lograr em algum momento y de ahí voçê va pra adiante e não olha para atrais...como o nome de seu blog...voçê vai conseguir..."imagine que pode e vai lograr"...
Beijocas estaladas (isso insinó pra mim dizer Caroline)

Gordinhas disse...

Linda, tudo bem? tem outro selinho para vc no meu blog...vai la e pega ele e as regrinhas. Beijocas Light* Joana

Mari disse...

Olá!
Acredite em você, vc é capaz. Já passei por isso e ñ é fácil. Dê a volta por cima. Um abraço.